Políticos e fraldas devem ser trocados de tempos em tempos. Pelo mesmo motivo (Eça de Queiroz)

By

As constantes guinadas do PT à esquerda e seus reflexos no futuro do Brasil

madura_dilma_chavezQue o PT deu uma guinada ainda mais à esquerda é um fato.  Além de colocar nas diretrizes do eventual segundo mandato de Dilma o objetivo explícito de “construção do socialismo” no Brasil, uma aproximação ainda maior com os países do eixo socialista, uma nova tentativa de “regulação” da mídia, entre outros objetivos de fazer tremer qualquer liberal, a presidente Dilma publicou, na surdina, e quase simultaneamente, o famigerado decreto 8.243 que dá poderes institucionais aos chamados “Conselhos Populares”, totalmente controlados por partidos de esquerda, configurando assim um verdadeiro poder paralelo ao Congresso (ver aqui nosso post com os links oficiais).

Dias depois, o PT já vem com mais uma “novidade”, agora com o objetivo explícito de moldar de vez a nossa constituição, conforme suas conveniências políticas: a convocação de um plebiscito para a criação de uma nova Assembleia Nacional Constituinte.  Dilma já tinha tentando algo semelhante logo após as manifestações de junho de 2013, mas esbarrou no desconhecimento da lei, motivo pelo qual teve que recuar no dia seguinte. Mas a turma da esquerda não desiste nunca. Se não foi possível via iniciativa da presidente, então que a militância saia as ruas para colher assinaturas para convocar um plebiscito (ver aqui). Claro que entre o PT está disfarçado na lista enorme de entidades participantes que inclui também alguns inocentes úteis, mas quem conhece o processo político do Brasil sabe o quanto o PT se envolve até o pescoço em tais movimentos. Leia mais

By

A crônica de uma tragédia anunciada: o desmonte das economias bolivarianas

policia_bolivarianaO “sucesso” da esquerda na América Latina na década de 2000 está intrinsecamente ligado à globalização chinesa, que possibilitou o mais rápido crescimento econômico do capitalismo, desde o final da II Guerra Mundial.

A entrada de milhões de chineses no mercado global teve dois efeitos benéficos para as economias periféricas: 1) Aumentou a demanda por produtos primários, principalmente alimentos e minérios; 2) Provocou uma deflação nos produtos industrializados, principalmente de alta tecnologia.

Com a aceleração do crescimento dos países emergentes, estes passaram também a ser os destinos preferidos dos investidores internacionais. Com mais dólares entrando e turbinando as reservas cambiais, as moedas locais foram valorizadas, aumentando o poder aquisitivo dos emergentes e tornando ainda mais evidente a sensação de progresso. Leia mais

By

Um país cada dia mais dividido e cheio de ódio

dilma_vaiadaAmigos, este post é um desabafo de um ex-petista. Sei que hoje sou visto de forma enviesada por muitos de meus amigos de outras épocas, mas este post é dedicado a eles e todos os petistas que ainda não perceberam que foram enganados por Lula e pelo PT.

E por que tenho me empenhado tanto neste assunto ultimamente? Porque percebo já há muito tempo que estamos trilhando o mesmo caminho sem volta da Venezuela, nosso vizinho que está à beira de uma guerra civil. Tenho alertado sobre este processo gradativo aqui no nosso blog desde 2009 e a cada ano vejo concretizados os meus temores, conforme pode ser visto nos meus últimos posts.

Recentemente ganhei um colega de trabalho venezuelano que está no Brasil justamente para se afastar do inferno que está a Venezuela. Conversamos sempre que podemos sobre as novidades de ambos os países e a constatação é sempre a mesma: o Brasil de hoje é a Venezuela de alguns anos atrás. Infelizmente, caminhamos a passos firmes para a recessão, com inflação, população em pé de guerra, protestos em todos os lugares, violência galopante e, por fim, a consolidação do autoritarismo. Não é preciso ser nenhum cientista político para perceber que já estamos vivendo isso no Brasil. Em escala menor, mas progressivamente e cada ano mais rapidamente. Leia mais

By

Por que muita gente honesta ainda admira Lula?

lulaA palavra “ética” vem do grego “ethikos”, que significava “portador de caráter”. Para os gregos antigos a ética significava a busca pelo melhor modo de viver e conviver. Em outras palavras, significa que não devemos fazer aos outros o que não gostaríamos que fizessem a nós.

Dito isto, te pergunto como você se sentiria se um de seus mais próximos amigos afirmasse publicamente que você nunca foi gente de sua confiança?

Pois é. Este é apenas um dos muitos exemplos de falta de ética explícita de Lula, documentados com áudio e imagem para todo mundo ver (ver aqui). São inúmeros os episódios ao longo de sua trajetória política. Mentir, caluniar, zombar, pousar de vitima, colocar-se acima do bem e do mal são apenas algumas de suas práticas mais comuns.

Boa parte da nossa população já percebeu tais padrões repetitivos no discurso de Lula. No entanto, muita gente honesta ainda continua admirando-o, alguns de maneira quase religiosa, a ponto de acreditarem que “Lula é uma dessas pessoas enviadas por Deus ao mundo para fazer avançar a humanidade”! Sério. Já ouvi isso de pessoas ditas espiritualizadas. Como explicar tamanha fascinação coletiva em meio a tantas provas de falta de ética? Leia mais