Revisando 28 boatos sobre Aécio

dilma_pinoquioE como já era esperado, a máquina de triturar reputações do PT já está apontada para Aécio. Não que ele seja nenhum santo (vou falar mais adiante dos assuntos que me incomodam nele), mas o número de mentiras desferido nas Internet até aqui já ultrapassaram em muito a campanha de desconstrução de Marina.

Alguns são tão despropositados que ficam restritos ao disse me disse na Internet. Se bem que a julgar pela campanha absurda contra Marina, quando o PT chegou a afirmar que se esta fosse eleita iria tirar o prato de comida da mesa dos mais pobres, não seria nenhuma surpresa se alguma dessas mentiras absurdas que circulam na Internet aparecerem também no horário da TV, principalmente na reta final da campanha, quando não houver mais tempo para resposta. Não tenho a menor dúvida de que isso vai acontecer.

Por enquanto, a campanha do PT segue com as mentiras menos escabrosas, a maior parte delas desmentidas com imagens dos próprios petistas em outra épocas defendendo justamente o que criticam agora ou vice-versa. Haja óleo de peroba para tanta cara de pau!

No dia seguinte a eleição do 1º turno, começou a circular na web uma lista da de 28 motivos para não votar no Aécio. Já conhecia boa parte das mentiras que constam ali, mas confesso que fiquei surpreso e desconcertado com algumas acusações.

Pesquisando sobre as “novidades” encontrei um outro artigo que analisa cada tópico, classificando cada item como verdadeiro,  verdadeiro com ressalvas, falso, capcioso e sem provas (ver aqui). Segundo a avaliação, 12 acusações são falsas; 4, sem provas; 5, capciosas (que parte de um fato para induzir ao erro); e 7 verdadeiras (boa parte com ressalvas).

Concordo com a maior parte da avaliação, mas tenho algumas divergências em alguns itens. Na minha avaliação 17 acusações são falsas; 2, sem provas; 5, capciosas; e 4, verdadeiras, porém com ressalvas. Falo das minhas divergências de avaliação logo mais. Leia mais